top of page
  • JD1

Tucano jovem é resgatado tentando escapar das chamas no Pantanal

Ave foi encontrada caída na região de Miranda


O animal será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres para avaliação médica veterinária (Divulgação)

Com altas temperaturas e sem previsão de chuvas significativas, algumas áreas do Pantanal registram 46°C e ventos que ultrapassam 50 km/h o que contribui para propagação as chamas, muitos animais acabam se ferindo e morrendo na seca e nas queimadas da região.

Evitando um destino trágico para um jovem tucano, a Polícia Militar Ambiental de Miranda, região acometida pelos incêndios florestais, foi acionada para fazer a captura da ave que estava caído. Acredita-se que o animal pode ter tentado escapar das chamas que afetam duramente a região.

O animal será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres para avaliação médica veterinária.

O trabalho de combate aos incêndios florestais no Pantanal, em Mato Grosso do Sul, está concentrado em três regiões onde o fogo atinge grandes proporções, principalmente na região norte próximo da divisa com o Mato Grosso - conhecida como Pantanal do Paiaguás -, outra frente de trabalho está localizada na região do Passo do Lontra e o terceiro ponto é na região do Rio Negro.

No início da semana, uma reunião entre representantes do Governo do Estado traçou estratégias para o combate a grandes incêndios florestais, entre as medidas foi definido o acionamento de aeronaves para apoio logístico e também aeronaves específicas de combate a incêndios florestais.

Comments


bottom of page