top of page
  • Ivinotícias

Segundo indígena é preso com droga que seria levada para aldeia de MS



Foto: DOF

Indígena de 30 anos foi preso pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), acusado de tráfico de drogas, na MS-295, área rural do município de Tacuru. Conforme o boletim de ocorrência, o indivíduo foi abordado com 200 gramas de skank que seriam entregues em uma reserva indígena.

Os militares realizavam um patrulhamento na rodovia, quando visualizaram o homem andando a pé pela via com uma sacola na mão. Ao ser abordado, disse que seguia de uma reserva indígena em Amambai quando sua motocicleta apresentou problemas mecânicos, sendo abandonada.

Ao vistoriarem a sacola, os policiais localizaram uma parte da droga e, junto ao seu corpo, mais outra porção do mesmo entorpecente. Questionado sobre o ilícito, o autor disse que comprou de um paraguaio na reserva indígena de Amambai e que pretendia levar até a aldeia em Iguatemi.

Durante a checagem dos dados pessoais do indígena localizou-se um Mandado de Prisão a cumprir expedido pela Vara Criminal daquele município. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil em Tacuru e o prejuízo estimado ao crime foi de R$ 2 mil.

Este é o segundo indígena preso levando droga para aldeia de Mato Grosso do Sul. O primeiro caso ocorreu na segunda-feira (1/4), quando policiais do Departamento de Operações de Fronteira foi preso com 1,4 quilo de maconha. Ele seguia para uma reserva indígena no município de Caarapó.

Comentarios


bottom of page