top of page
  • Folha de Campo Grande

Saúde alerta que 38 pessoas morrem até agora vítimas da dengue em MS

Ao todo, foram registrados mais de 38 mil casos confirmados em 2023


Com quase 40 mil casos confirmados e 38 mortes por dengue, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) faz alerta para o combate contra os focos do mosquito Aedes aegypti em todo Mato Grosso do Sul. De acordo com a pasta, este período de chuvas e calor é o ideal para proliferação do inseto.


Os cuidados devem ser redobrados para evitar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.


A dengue é uma doença transmitida por mosquitos e que se desenvolve em condições quentes e úmidas, tornando-a mais prevalente durante padrões climáticos de altas temperaturas e chuvas. O ovo do mosquito Aedes aegypti consegue sobreviver por mais de um ano, mesmo se o local onde foi depositado estiver seco.


A enfermeira Bianca Modafari Godoy alerta para os cuidados necessários. “É importante que a população faça a limpeza nos quintais de suas casas, não deixando água parada em pneus, vasos de plantas, garrafas, caixas d’água ou outros recipientes que possam permitir a reprodução do mosquito”.


Veja dicas para combater os focos

Evite água parada, em qualquer época do ano;

Mantenha bem tampado tonéis, barris de água e caixas d’agua;

Guarde pneus em locais cobertos;

Remova galhos e folhas de calhas;

Não deixar água acumulada sobre a laje;

Encha pratinhos de vasos com areia até a borda ou lave-os uma vez por semana e faça sempre a manutenção de piscinas.

Feche bem os sacos de lixo e não deixe ao alcance de crianças e animais.

Dengue em Mato Grosso do Sul

Conforme o último boletim epidemiológico divulgado pela SES, são 38.552 casos de dengue confirmados em Mato Grosso do Sul.

Na série histórica, 2023 já figura como o 2º anos mais fatal. Ao todo foram registradas 36 mortes pela dengue no estado. Apenas uma cidade de Mato Grosso do Sul está em índice de baixa incidência da doença.

Quatro cidades foram classificadas no índice de média incidência e, todo o restante, 74 municípios estão no alerta máximo para infecção da doença.


Sintomas da dengue

Febre alta > 38°C

Dor no corpo e articulações

Dor atrás dos olhos

Mal estar

Falta de apetite

Dor de cabeça

Manchas vermelhas no corpo

A infecção também pode ser assintomática ou apresentar quadro leve. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento de mucosas.

Комментарии


bottom of page