top of page
  • JD1

'Roubaram minha filha', diz mãe após menina de 3 anos ser levada por desconhecidos

A criança teria sido chamada no portão da casa onde foi acolhida

A pequena Ágata Sofia Saraiva, de 3 anos, teria sido sequestrada na frente da casa onde mora com os pais durante a quinta-feira (11), em Cascavel, no Paraná.

De acordo com o boletim de ocorrência sobre o caso, a Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 18h30 para comparecer ao endereço onde Ágata teria sido sequestrada. Ao chegar na casa, a equipe policial foi informada que um casal havia raptado a menina e fugido em um veículo Ford Focus prata.

O casal teria chamado a criança no portão de casa, no bairro Santa Cruz. Ela estava vivendo com uma família que a acolheu. A PM esteve no endereço da mãe biológica de Ágata, mas não encontrou ninguém no imóvel.

Em uma rede social, Marta Santos – que acolheu a menina por meio de um programa social de Cascavel – escreveu: “Gente, roubaram minha filha de 3 anos na frente da minha casa”. Cerca de 15 horas depois, a publicação já contava com mais de 10 mil reações e pelo menos 13 mil comentários.

O programa Família Acolhedora oferece apoio a crianças e adolescentes vítimas de violência ou que foram abandonadas. Por volta das 9h45 desta sexta (12), o marido de Marta informou ao site Banda B que ela estava prestando depoimento em uma delegacia.

O prefeito do município, Leonaldo Paranhos, disse que “há indícios de que pode ser a família biológica” a responsável pelo sequestro. “Acabo de determinar ao secretário de Segurança do município para que concentre toda a nossa força da Guarda Municipal […] para que nós possamos encontrar e resgatar a Ágata”, afirmou em uma rede social.

Durante a última madrugada, o carro usado pelo casal que supostamente sequestrou a menina foi localizado a cerca de 2 km do bairro onde houve o crime, segundo o site de notícias CGN. O automóvel seria do namorado da mãe biológica de Ágata.

Também ao CGN, uma mulher relatou que seu neto presenciou o sequestro da criança enquanto brincava na rua. “O carro se aproximou, e a mulher pegou a menina na rua, jogou dentro do carro e saíram em alta velocidade”, disse uma vizinha de Marta.

Comentarios


bottom of page