top of page
  • Midiamax

Quatro são presos e levados para delegacia em operação do Gaeco contra grupo de Cezário



Foto: (Divulgação, Gaeco)

Quatro pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (21) durante a Operação Cartão Vermelho, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), que identificou desvios de mais de R$ 6 milhões em desvios do grupo de Cezário.

Um dos presos foi flagrado com uma arma. Os presos foram levados para a Delegacia do Cepol. A operação tinha como um dos alvos Francisco Cezário, presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

A federação e o presidente Francisco Cezário de Oliveira, que está há 26 anos no comando da instituição, são suspeitos dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Somente durante o cumprimento dos mandados nesta terça-feira foram apreendidos mais de R$ 800 mil, inclusive em notas de dólar. Revólver e munições também foram apreendidos.

Os valores eram distribuídos entre os integrantes da organização criminosa. O esquema se estendia também a outras empresas que recebiam altas quantias da federação. Assim, uma parte dos valores era devolvida ‘por fora’ ao grupo.

Equipes do Gaeco cumpriram 7 mandados de prisão preventiva, além de 14 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

Comments


bottom of page