top of page
  • redacao680

Polícia Civil elucida homicídio e prende autores em flagrante pelo delito do crime


No dia 12 de setembro de 2023, chegou ao conhecimento desta Unidade Policial que teria ocorrido no assentamento Teijin, situado a aproximadamente 40km da cidade de Nova Andradina, um homicídio. A equipe de investigadores de polícia da SIG (Seção de Investigações Gerais) prontamente se dirigiu ao local do fato e se deparou com um corpo masculino, aparentando ter sido alvejado por pelo menos três disparos de arma de fogo. Desde então, a SIG, em conjunto com NRI, trabalhou ininterruptamente para esclarecer os detalhes deste delito e levar os culpados à justiça.


No decorrer das investigações, que ganharam novos rumos no dia 13 de setembro, a polícia descobriu que uma quantia substancial de dinheiro havia sido retirada da conta bancária da vítima após sua morte. Este novo elemento contribuiu ao caso, aumentando a urgência em identificar os responsáveis por esse ato.


As diligências conduzidas pela SIG permitiram que os investigadores identificassem dois suspeitos: um homem de 22 anos e uma mulher de 31 anos. Com estas informações em mãos, os policiais iniciaram uma busca intensiva para localizar essas pessoas.


Em trabalho conjunto com o serviço de inteligência policial de Nova Andradina, o suspeito masculino, de 22 anos, foi localizado em uma rodovia que conecta Nova Andradina ao município de Taquarussu. Durante a entrevista, o suspeito confessou sua participação no crime e forneceu maiores informações à investigação.


A busca pela mulher suspeita, de 31 anos, levou os investigadores até um posto de combustível na cidade de Taquarussu, onde ela foi detida. Durante sua entrevista, ela também confessou sua participação no crime e na subsequente movimentação financeira da conta da vítima.


Ambos os suspeitos confessaram a prática delituosa, mas também a manipulação das câmeras de segurança da residência da vítima, do DVR e do celular da vítima. Essas ações tinham como objetivo dificultar a identificação da autoria.


A equipe de investigadores conseguiu recuperar grande parte desses objetos, que estavam dispersos na mata às margens da rodovia que liga Nova Andradina ao Distrito de Nova Casa Verde, a 60km do centro da cidade.


Por fim, vale informar que, com as investigações e com os procedimentos de polícia judiciária, foi possível chegar à motivação deste delito, sendo este motivado por uma relação extraconjugal da autora com a vítima, tendo a vítima revelado vontade de contar para o marido da investigada essa relação. Logo, a mulher de 31 anos convidou seu comparsa para realizar o crime em questão. Após a consumação do fato, ambos decidiram, em posse dos dados bancários da vítima, realizar PIX de sua conta bancária para terceiros.


Os autores foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Nova Andradina sem sofrerem qualquer tipo de violência física, moral ou psicológica, a fim de que sejam tomadas as medidas legais cabíveis. O avanço nas investigações e as confissões dos envolvidos são passos significativos para a resolução deste crime e a entrega de justiça à família da vítima.


A polícia continua trabalhando diligentemente para reunir todas as evidências necessárias e completar o procedimento de polícia judiciária.

Comentarios


bottom of page