top of page
  • Indoor Brasil

Ministério do Turismo estima cerca de 46 milhões de pessoas no Carnaval 2023

Festas terão maior movimentação de público nas cidades do São Paulo (SP), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ)

 

Ministério do Turismo estima cerca de 46 milhões de pessoas no Carnaval 2023Festas terão maior movimentação de público nas cidades do São Paulo (SP), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ)Ministério do Turismo estima cerca de 46 milhões de pessoas no Carnaval 2023Festas terão maior movimentação de público nas cidades do São Paulo (SP), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ)03/02/2023 às 17h40Por: Redação Cenário MSFonte: Ministério do TurismoCompartilhe:Carnaval de Ouro Preto (MG). Crédito: Arquivo MTur Carnaval de Ouro Preto (MG). Crédito: Arquivo MTurO Carnaval de 2023 promete ser o melhor e maior dos últimos anos. Isso porque, após dois anos suspenso, a festa volta com força total e deve movimentar cerca de 50 milhões de pessoas nos tradicionais destinos carnavalescos do país, segundo levantamento do Ministério do Turismo. Em localidades como Salvador (BA) e Ouro Preto (MG), a estimativa é de que a movimentação seja 30% maior do que o da última edição, realizada em 2020, confirmando a alta expectativa para as “festividades do Rei Momo”.


A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, iniciará nesta semana uma extensa agenda de visitas aos principais destinos de carnaval, e destaca a importância da festa para o turismo nacional. “O retorno do carnaval neste ano terá um grande impacto na nossa economia, atraindo milhões de brasileiros e estrangeiros para as festividades no país. Isso só corrobora a força do turismo, como uma cadeia econômica capaz de criar empregos e gerar renda para a população, além de contribuir para a valorização da cultura nacional, bastante celebrada durante o período”, destacou.


Só em São Paulo (SP), a prefeitura estimou um público de 15 milhões de pessoas curtindo a folia nas ruas da cidade durante o período. Já no Rio de Janeiro (RJ), a Riotur espera atrair 5 milhões de foliões entre os bloquinhos de rua e o desfile no sambódromo. Cinco milhões também é a expectativa da cidade de Belo Horizonte (MG) para o Carnaval na cidade, que tem crescido nos últimos anos. Em Salvador (BA), a Secretaria de Turismo Municipal espera só de turistas cerca de 800 mil pessoas e, em Recife (PE), terra do Galo da Madrugada, a prefeitura estima 2 milhões de pessoas, entre turistas e moradores.


A maior movimentação de foliões pelas cidades impacta diretamente no setor hoteleiro. Em Fortaleza (CE), por exemplo, os hotéis estão otimistas com a ocupação de 80% dos quartos disponíveis. Em João Pessoa (PB), a prefeitura afirma que o índice pode chegar a 75% no período. Em Pernambuco, Olinda já está com quase 100% de ocupação e a capital, Recife, com números acima dos 90%. Quem também já registra alta demanda na rede hoteleira é Salvador, com 95%, e o Rio de Janeiro (RJ) que já se aproxima da sua lotação máxima no Carnaval.


MOVIMENTAÇÃO ECONÔMICA- O setor do Turismo deve movimentar mais de R$ 8,1 bilhões no país durante o Carnaval. É o que projeta a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em levantamento divulgado na última quarta-feira (25.01). Se concretizado, o montante deverá ser o segundo maior já arrecadado dos últimos 11 anos, perdendo apenas para 2020, quando o volume das atividades chegou a R$ 8,47 bilhões. A cifra é 26,9% maior que o contabilizado no ano passado.


A festividade também deve criar empregos temporários para os brasileiros. A estimativa é de que sejam ofertados cerca de 24,6 mil vagas no período da folia. A maior parte delas deve ser para o segmento de bares e restaurantes, com 4,4 mil oportunidades para cozinheiros e 3,45 mil para auxiliares de cozinha. Os profissionais da limpeza também serão requisitados, com a perspectiva de geração de 2,21 mil vagas.

Comments


bottom of page