top of page
  • Midiamax

Hidrate-se: Onda de calor em Mato Grosso do Sul exige atenção com a saúde



(Henrique Arakaki, Midiamax)

A nova onda de calor deve elevar as temperaturas em 5°C acima da média e reduzir a umidade relativa do ar em Mato Grosso do Sul desta quarta-feira (24) até 2 de maio. O Estado está no epicentro do fenômeno, o que requer dos moradores cuidados essenciais com a saúde nos próximos dias, como manter a hidratação frequente.

Renato Figueiredo explica que o principal problema durante o período de altas temperaturas e tempo seco é deixar a hidratação de lado, com destaque para crianças e idosos. O ideal é oferecer água e alimentos ricos em sais minerais várias vezes ao dia.

“É engraçado falar, porque é uma coisa simples, mas há pessoas que esquecem. No caso das crianças, elas brincam ou não conseguem pedir. Já os idosos podem não ter a sensibilidade de expressar que estão com sede. Devemos oferecer líquidos a toda hora, aos poucos, não tomar um litro de uma vez, mas manter a hidratação frequente.”

O especialista também destaca que pessoas que enfrentam doenças cardiopulmonares, respiratórias, metabólicas e cardíacas estão no grupo que requer cuidados.

“Há efeitos (sintomas de desidratação) leves, como sede e mal-estar, até mais graves, como ataque cardíaco, desmaio, desorientação, diarreia e até coma. Chegam ao hospital crianças, por exemplo, sem reação, mais quietas e ‘molengas', o que pode ser um quadro de desidratação. Já os idosos podem ficar com baixa cognição.”

Só água resolve?

Figueiredo orienta a beber água, a fonte mais eficiente para suprir a reposição de líquidos no corpo. No entanto, frutas ricas em líquidos e sais minerais podem auxiliar na regulação da hidratação corporal.

“A água é a melhor para hidratar, no mínimo, dois litros para pessoas com 80 kg; beba regularmente. Aqui em Mato Grosso do Sul, temos períodos de baixa umidade do ar e calor, por isso, é necessário hidratação constante e uma boa alimentação com sais minerais.”

Dicas neste período:

  • Beba água regularmente;

  • Evite alimentos gordurosos;

  • Evite alimentos industrializados;

  • Consuma alimentos ricos em sais minerais;

  • Faça exercícios físicos em períodos menos quentes do dia;

  • Use roupas leves;

  • Evite exposição ao sol em horários quentes, como das 9h às 16h;

  • Reduza o consumo de carboidratos e doces em excesso.

Comments


bottom of page