top of page
  • MS.gov

Governo decreta situação de emergência em Dourados devido os estragos da chuva


Devido os estragos e prejuízos que ocorreram em Dourados em função das chuvas, o Governo do Estado decretou situação de emergência no município em parte de áreas urbanas e rurais, que foram afetadas com estes temporais. O decreto terá validade de 180 dias para reparação de danos.


Durante este período fica autorizado a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem sob a coordenação estadual da Defesa Civil. Podem ser convocados voluntários para reforçar as ações e realizar campanhas de arrecadação de recursos junto à sociedade.

Ficam dispensados de licitação contratos para aquisição de bens necessários às atividades de reposta aos danos causados pela chuva, assim como prestação de serviços e de obras relacionadas aos desastres, que posam ser concluídas no prazo máximo de 1 ano, contando a partir da ocorrência da emergência ou calamidade.


O decreto assinado pelo governador Eduardo Riedel foi publicado nesta terça-feira (5), no Diário Oficial do Estado. A gestão estadual visa contribuir e ser parceiro dos municípios em diferentes setores, com uma visão municipalista para atender melhor a população, principalmente em momentos de desastres naturais.


Prejuízos

O vendaval que atingiu a acidade ocorreu no dia 30 de agosto. De acordo com a Defesa Civil de Dourados muitas residências tiveram as casas destelhadas, interrupção de energia nos bairros, além de árvores caídas e famílias que tiveram móveis perdidos durante a chuva.

Ao todo 300 famílias foram afetadas, com algumas pessoas feridas, mas sem nenhum óbito.


As famílias afetadas estão recebendo roupas, calçados e cestas de alimentos e também aquisição de telhas para suprir as residências que foram afetadas. A Defesa Civil Estadual enviou equipe para cidade e está prestando toda a ajuda necessária.

Kommentare


bottom of page