top of page
  • JD1

Funcionário de siderúrgica morre ao cair em tanque de separação de resíduos em MS

A principal suspeita é que Welton tenha inalado gás venenoso e caído no tanque, que tem profundidade de seis a oito metros

Welton Júnior de Souza Bastos, de 26 anos, foi encontrado morto dentro da empresa Vetorial Siderurgia na madrugada de quinta-feira (14), em Corumbá. Ele teria sido encontrado por colegas dentro de um tanque de separação de resíduos de água e gases.

Conforme as informações iniciais, divulgadas pelo site local Diário Corumbaense, a empresa informou que o corpo foi encontrado por colaboradores durante a troca de turno. Welton era operador de utilidades, "tinha experiência em sua área de atuação" e trabalhava na Vetorial desde 2019. 

Bombeiros do 3º Grupamento de Corumbá, foram acionados para a retirada do corpo do tanque. A equipe informou que teve que usar equipamento de proteção respiratória autônomo devido a grande quantidade de gases no ambiente e usaram uma escada ancorada pra fazer o trabalho de resgate. O corpo de Welton foi retirado por volta das 12h15. 

"A Vetorial lamenta profundamente o ocorrido, solidarizando-se com os familiares da vítima, aos quais está prestando todo o apoio, e desde já, por meio de suas equipes de segurança, está contribuindo com as autoridades responsáveis pela apuração do caso", diz parte da nota. 

Ainda conforme o site, o caso está sendo investigado pelas autoridades policiais para descobrir qual teria sido a causa da morte. A principal suspeita é que Welton tenha inalado gás venenoso e caído no tanque, que tem profundidade de seis a oito metros.

Comments


bottom of page