top of page
  • Ivinotícias

Enfermeiro que levou facadas em posto de saúde será indenizado em 8 milhões



Foto: Direto das Ruas

Enfermeiro que sofreu agressões em postos de saúde de Campo Grande, incluindo episódio em 2019, quando foi esfaqueado, terá direito a indenização de R$ 8,5 milhões.

De acordo com a sentença do juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos, Paulo Roberto Cavassa de Almeida, o pagamento para Ubirajara Viana Ferreira inclui R$ 20 mil por danos morais; R$ 10.560 de indenização por danos materiais (gasto com fator de participação em plano de saúde para tratamento médico hospitalar); e pensão mensal ao profissional, no período de 30 de junho de 2020 até quando complete 80 anos ou até seu falecimento. Esse valor deve incluir 13º salário, férias e abono de férias.

Conforme o processo, o enfermeiro foi agredido com socos pelo acompanhante de uma paciente no dia 2 de julho de 2017. A partir desse episódio, precisou fazer tratamento com psiquiatra e medicamentos, com valor de R$ 10.560.

Em 11 de setembro de 2019, ele foi esfaqueado por paciente no CRS Aero Rancho (Centro Regional de Saúde). O atentado ocorreu no Caps (Centro de Atenção Psicossocial, focado no atendimento em saúde mental). O autor da facada estrava em surto. Os golpes atingiram   abdômen, cabeça e antebraço.

コメント


bottom of page