top of page
  • JD1

Discussões e ciúmes motivaram marido a matar esposa a facadas em Coxim

Suspeito tentou se matar logo na sequência, mas foi resgatado e não corre risco de morte, estando sob custódia da polícia

Duas discussões, ciúmes e um pedido para deixar a residência foram suficientes, a princípio, para que Sipriano Nascimento de Oliveira, de 52 anos, matasse com várias facadas a própria esposa Marta Leila Silva Neto, de 37 anos, na noite deste domingo (21) em Coxim - a 253 quilômetros de Campo Grande.

Informações disponibilizadas pela Polícia Civil apontam que o casal tinha um relacionamento e durante a noite, tiveram a primeira discussão por ciúmes que o marido sentia pela esposa.

Nesse primeiro momento, Marta mandou Sipriano embora da residência, mas quando o suspeito saia do imóvel, uma nova discussão foi iniciada entre eles, no qual evoluiria para agressões e troca de facadas.

Ainda conforme a polícia, a mulher pegou uma faca de cozinha e chegou a desferir alguns golpes contra o marido, mas ele também revidou e na posse de uma faca de cabo branco, esfaqueou a vítima por diversas vezes, que não resistiu e morreu na residência.

Após cometer o feminicídio, Sipriano ainda desferiu dois golpes contra seu peito na tentativa de tirar a própria a vida, mas ele foi socorrido com vida e encaminhado ao Hospital Regional de Coxim, onde está internado sob custódia e não corre risco de morte.

O caso foi registrado como feminicídio na delegacia de Coxim e este é o terceiro registro de morte de mulheres em Mato Grosso do Sul neste ano.


Comentarios


bottom of page