top of page
  • CMNA

Com R$ 3,5 milhões à serem devolvidos, Câmara concilia economia com investimentos em infraestrutura

Vereadores devem realizar uma das maiores devoluções de recursos do duodécimo da história

Transparência, austeridade e compromisso com o desenvolvimento da cidade são premissas sob as quais a mesa diretora tem administrado os recursos do poder legislativo municipal. E o resultado desse trabalho se reflete nesta excelente notícia: a Câmara de Nova Andradina está prestes a realizar uma das maiores devoluções de recursos referentes ao duodécimo na história do município.


Este feito é marcante e merece destaque, pois a Casa de Leis vive um momento de mudanças e modernização, com investimentos significativos em infraestrutura, inovação tecnológica e valorização dos servidores. Mesmo assim, a expectativa é de devolver mais de R$ 3,5 milhões à Prefeitura.


Conforme informações do presidente Dr. Leandro Fedossi, a reforma do prédio da Câmara segue em ritmo acelerado. A reformulação tem como objetivo modernizar a estrutura da Câmara e oferecer mais conforto aos funcionários e à população que utiliza as dependências do Legislativo, além de resolver problemas presentes desde a inauguração do prédio, em 2008.


Além dos investimentos estruturais, a mesa diretora também alocou recursos na aquisição de equipamentos, adoção de sistemas de pregão e dispensas eletrônicas, implantação do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), entre outras ferramentas de inovação para promover eficiência e transparência nos processos administrativos, otimizando o trabalho dos servidores e aproximando a Câmara dos cidadãos.


"Estamos muito satisfeitos em anunciar que, para o ano de 2023, estamos planejando uma das maiores devoluções de duodécimo dos últimos tempos. Isso se soma aos R$ 3,7 milhões já devolvidos à Prefeitura. É importante ressaltar que, apesar dessa devolução significativa, não comprometeremos investimentos essenciais para a Câmara. Nossa prioridade é garantir que projetos importantes, como a reforma e a aquisição de equipamentos, sejam realizados sem prejuízos para a nossa Casa Legislativa e, principalmente, para a comunidade que representamos", concluiu.

Comentarios


bottom of page