top of page
  • MS.gov

Com apoio ao desenvolvimento do agronegócio em MS, Riedel é homenageado pela Câmara da Capital


Com desenvolvimento de ações sólidas que contribuem para o crescimento econômico e do agronegócio em Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado já colhe resultados significativos que impactam a vida da população.


O governador Eduardo Riedel, à frente da atual administração do Estado desde o início do ano, tem atuação voltada para gerar emprego e renda aos sul-mato-grossenses com metas que incluem atração de capital privado e qualificação da mão de obra.


Com atuação importante, Riedel foi um dos homenageados com a “Medalha Tereza Cristina Liderança no Agronegócio”, na Câmara Municipal de Campo Grande, na noite dessa sexta-feira (6).


“Cada homenageado, em algum momento, deu grande contribuição para o Mato Grosso do Sul. Agradeço ao vereador Claudinho Serra e a Câmara Municipal. Acompanho de dentro a transformação que o agronegócio passou. A senadora Tereza Cristina faz por merecer a homenagem em vida, pois ela ajudou a transformar e fez a diferença para o Brasil”, disse Riedel, acompanhado da primeira-dama, Mônica Riedel.


Além do governador - homenageado pelo vereador Claudio Serra Filho -, a sessão solene homenageou outros 45 líderes políticos, empresários, pesquisadores e profissionais que se destacaram por sua liderança e visão estratégica no âmbito do agronegócio.


O agronegócio figura entre os principais pilares econômicos de Mato Grosso do Sul e do Brasil. O Estado se destaca como uma das potências do segmento, com projeção para ocupar o 7° lugar em VPB (Valor Bruto da Produção) em 2023, segundo dados do MAPA (Ministério da Agricultura e Pecuária). Essa posição só é possível graças à expectativa de crescimento de 13,49% do setor em comparação ao ano anterior, segundo a Carta de Conjuntura da Agropecuária.


"Me traz mais responsabilidades para continuar trabalhando no setor que sempre tive certeza que queria atuar. Mato Grosso do Sul sempre foi protagonista, sempre teve excelência no agro", afirmou a senadora Tereza Cristina.


Entre os homenageados estavam Marcelo Bertoni – presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) – e Guilherme Bumlai – presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de MS).


Medalha Tereza Cristina

A partir de agora, a medalha será concedida anualmente às pessoas que se destacam por promover o crescimento e a modernização do agronegócio, seja por meio do trabalho ou da pesquisa. Em alusão ao aniversário da senadora Tereza Cristina – que dá nome a homenagem –, dia 6 de julho, as demais edições serão realizadas na semana correspondente a essa data.


Para a senadora Tereza Cristina, o desempenho do agronegócio estadual é fruto da dedicação e competência daqueles que atuam no campo, produtores, agricultores familiares, empreendedores, associações e gestores que apoiam o setor com políticas públicas corretas.


Eleita senadora em 2022, Tereza Cristina é campo-grandense, formada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (MG). Administrou diversas propriedades rurais e geriu uma grande empresa do segmento em São Paulo. Na década de 1990, integrou a diretoria da Famasul.


No ano de 2007 assumiu o comando da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo de Mato Grosso do Sul, onde permaneceu por sete anos. Seu trabalho ganhou notoriedade ao consolidar o crescimento de cerca de 60% no salário médio do setor, devido a abertura de 172 mil novos postos de trabalho e 15 mil novas empresas no período.


Eleita em 2014, Tereza Cristina foi deputada federal por MS, presidindo a Frente Parlamentar do Agronegócio e já foi considerada uma das dez melhores parlamentares do Brasil pelo Prêmio Congresso Em Foco.


Ainda enquanto deputada federal, em seu segundo mandato, assumiu em 2019 o desafio de ocupar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, assegurando expressivos recordes para o País como mais de R$ 300 bilhões em créditos, dos quais, R$ 60 bilhões destinados aos pequenos produtores, registrando maior volume da história.


Kommentare


bottom of page