top of page
  • Ivinotícias

Catador de reciclagens leva tiro de arma de pressão em MS

Gildo recusou atendimento, mas perdeu sangue e mão ficou inchada; suspeito não foi encontrado

O catador de reciclagem Gildo Augusto do Nascimento, de 36 anos, foi atingido na mão esquerda por um tiro de arma de pressão na manhã desta segunda-feira (7), na Rua Camapuã, no Bairro Amambaí, em Campo Grande.

Ele relata que amassava latinhas de alumínio para guardar em uma sacola, quando ouviu o disparo. Ele só percebeu, no entanto, quando a mão começou a sangrar e doer muito. “Nem percebi, depois que olhei a minha mão sangrando. Aí eu levantei e vi que veio do ‘blindex’ ali'.

Gildo se referia a um sobrado nas proximidades, onde diz ter visto um homem de camisa amarela fechar o vidro. Em seguida, segundo ele, o indivíduo saiu junto a uma criança, de bicicleta, da residência.

O catador alega que os policiais militares que atenderam a ocorrência concordaram com a hipótese e tentaram contato na casa. Contudo, não havia ninguém no momento em que foi feita a abordagem.

Gildo foi orientado a procurar a Polícia Civil para registrar o caso, para que o proprietário do imóvel seja intimado. Ele dispensou atendimento de ambulância, mas também houve recomendação para que busque ajuda médica, já que a mão ficou inchada.


Comments


bottom of page