top of page
  • MS.gov

Atração de investimentos: Mato Grosso do Sul apresenta potencialidades em Dubai


Com foco em parcerias e atração de investimentos, o vice-governador José Carlos Barbosa (Barbosinha) e o diretor de Operações do Sebrae, Tito Estanqueiro, estiveram reunidos nesta quinta-feira (19) no escritório do príncipe herdeiro da família real de Dubai, sheik Hamdan Bin Ahmed Al Maktoum.


O encontro foi realizado no ‘The Private Office Of His Highness’, oportunidade em que o vice-governador apresentou as potencialidades do Mato Grosso do Sul para os desenvolvedores de negócios.


O escritório privado foi estabelecido pelo sheik para investir diretamente em potenciais oportunidades de negócios que atendam aos critérios do grupo de investimentos.


De acordo com o portfólio da empresa, ‘com infraestrutura e instalações empresariais mais avançadas da região, ‘The Private Office’ possui a junção de recursos humanos e financeiros de excelência, se mantendo bem posicionado para aproveitar as oportunidades da nova economia global’.


“Hoje a reunião foi no escritório do príncipe herdeiro da família real de Dubai, sheik Hamdan Bin Ahmed Al Maktoum. Fomos recepcionados pelo chefe do ‘The Private Office Of His Highness’, Evandro Oliveira, e pelos gerentes de Desenvolvimento de Negócios, André Lúcio e Jorge Fabiane. Falamos sobre as potencialidades do Mato Grosso do Sul e marcamos um encontro em Campo Grande, para dezembro, com representantes da comunidade árabe. Parcerias com grandes empresários e atração de investimentos são fundamentais para Mato Grosso do Sul dar o salto rumo ao novo futuro”, declarou Barbosinha.


O vice-governador cumpre agenda essa semana nos Emirados Árabes, onde participa dos dois maiores eventos globais que prometem recriar cidades inovadoras, voltadas a sustentabilidade, com o que há de mais avançado em tecnologia para urbanismo e em tecnologias climáticas, investimentos ESG (Ambiental, Social e Governança) e negócios sustentáveis. Entre as visitas técnicas, Barbosinha tem se reunido com empresários e investidores privados para apresentar os bons números do Estado e projetos como a Rota Bioceânica e a nova Ferroeste.

Comments


bottom of page